• Cancelamento de voo: saiba o que fazer

    O cancelamento de voo causa aborrecimentos para os passageiros e para as companhias aéreas. Um voo cancelado prejudica toda a programação do passageiro, desde as conexões até os passeios programados no destino.

    Direitos do passageiro quando ocorre cancelamento de voo

    Quando o passageiro constata que seus direitos não estão sendo cumpridos, ele deve cobrar seus direitos junto à companhia aérea. Não obtendo sucesso, o próximo passo é procurar uma empresa que possa ajudá-lo a entender seus direitos e verificar se o passageiro é apto a uma compensação. É importante guardar todos os comprovantes dos gastos como cartão de embarque, transporte, alimentação e hospedagem.

    De acordo com a Resolução nº 141/2010, em casos de cancelamento, atraso de voo e preterição de embarque, o passageiro tem direito à assistência material conforme o tempo de atraso:

    • A partir de uma hora: o passageiro tem direito a fazer ligação gratuitamente e ter acesso à internet;
    • A partir de duas horas: o passageiro tem direito ao voucher para refeições no aeroporto;
    • A partir de quatro horas: acomodação ou hospedagem (se for o caso) e transporte do aeroporto ao local de acomodação;
    • Mais de quatro horas (ou a empresa já saiba que o voo sofrerá esse tempo de atraso), ou houver preterição de embarque ou cancelamento de voo: além da assistência material, o passageiro tem direito a opções de reembolso integral da passagem, reacomodação sem custo em outro voo da companhia aérea ou no voo de outra companhia.

    Outro direito do passageiro é a desistência da viagem. A solicitação de reembolso ou alteração de voo, nesse caso (atrasos em consequência de mau tempo ou longas filas de espera para reacomodação), pode ser feita pelo telefone.

    Fonte: advogadoigor.jusbrasil.com.br

    WhatsApp chat