• Nova Lei sobre viagens com menores de idade

    Uma nova Lei promete reduzir os casos de fuga e sequestro de menores no Brasil. É isso que prevê a nova Lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro.

    A Lei diz que, menores de 16 anos precisam de autorização judicial para viajarem sem os pais. Essa nova regra vale para viagens de carro, ônibus e avião.

    Antes da alteração, somente menores de 12 anos precisavam de autorização por escrito para viajarem. A documentação agora é exigida para todo tipo de viagem rodoviária, com exceção de trajetos dentro da mesma região metropolitana.

    Em nota a ANTT, a firma que a alteração trazida pela Lei nº 13.812/2019 publicada em 16 de março de 2019 já está em vigor e todas as empresas que realizam transporte interestadual de passageiros devem observá-la para o embarque de crianças e adolescentes.

    “A Agência lembra que a alteração não isenta o adolescente com idade a partir de 12 (doze) anos de apresentar documento oficial com foto para o embarque. A ANTT informa, também, que está preparando a alteração da Resolução nº 4.308/2014 para adequá-la à lei em vigor”, informou a ANTT.

    Confira a nova legislação sobre o assunto, na íntegra:

    “Da Autorização para Viajar

    Art. 83. Nenhuma criança ou adolescente menor de 16 (dezesseis) anos poderá viajar para fora da comarca onde reside desacompanhado dos pais ou dos responsáveis sem expressa autorização judicial.

    § 1º A autorização não será exigida quando:

    a) tratar-se de comarca contígua à da residência da criança ou do adolescente menor de 16 (dezesseis) anos, se na mesma unidade da Federação, ou incluída na mesma região metropolitana

    b) a criança ou o adolescente menor de 16 (dezesseis) anos estiver acompanhado:

    1) de ascendente ou colateral maior, até o terceiro grau, comprovado documentalmente o parentesco;

    2) de pessoa maior, expressamente autorizada pelo pai, mãe ou responsável.

    § 2º A autoridade judiciária poderá, a pedido dos pais ou responsável, conceder autorização válida por dois anos.

    Art. 84. Quando se tratar de viagem ao exterior, a autorização é dispensável, se a criança ou adolescente:

    I – estiver acompanhado de ambos os pais ou responsável;

    II – viajar na companhia de um dos pais, autorizado expressamente pelo outro através de documento com firma reconhecida.

    Art. 85. Sem prévia e expressa autorização judicial, nenhuma criança ou adolescente nascido em território nacional poderá sair do País em companhia de estrangeiro residente ou domiciliado no exterior.”

    WhatsApp chat